quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

A caminho da sepultura - Night Huntress 01




A caminho da sepultura - Night Huntress 01


Gente, essa foi a melhor estória sobre vampiro que já li, sem a menor dúvida alguma. A trama foi muito bem estruturada, mostrando os aspectos mitológicos sobre os vampiros, as personagens são bem construídas e com forte personalidade, os diálogos são inteligentes e divertidos, tornando a trama muito envolvente e deliciosa.

Queria mesmo escrever de uma forma pouco apaixonada por esse livro, mas creio que isso não seja possível. Quando comecei a ler, não tinha noção de quão envolvente seria e como me deixaria ávida por mais acontecimentos. Para terem idéia, eu devorei esse livro em um final de semana. Comecei a ler num sábado a tarde e terminei no domingo, apesar da vista cansada e da dor de cabeça. O mais surpreendente foi que não me senti estafada. Normalmente quando devoro um livro desse jeito, fico estafada de leitura e preciso de uns dias para me recuperar. Com esse livro foi completamente diferente, terminei querendo mais e corri para a net em busca da continuação. Infelizmente ela ainda não foi lançada no Brasil.

Bem, vamos aos pontos que interessam sobre o livro. OK?

Catharine ou Cat é uma mestiça, filha de uma jovem humana violada por um vampiro. Desde criança sempre soube que havia algo errado. Sempre foi muito estranha, sozinha e por viver em uma cidade conservadora, rejeitada pelas pessoas. Com 16 anos sua mãe revela a sua verdadeira estória e a partir desse momento, sedenta de vingança, Cat começa a caçar vampiros na noite, usando o corpo para chamar a atenção deles. Só que os caminhos de Cat se cruzam com os de um vampiro misterioso, que desde o primeiro momento a faz mudar a sua rotina. Ela cai em uma armadilha e é aprisionada por Bones. Ele também é um caçador de vampiros, mas sua motivação principal é dinheiro, é o que podemos chamar de caçador de recompensar ou mercenário.

Nesse primeiro confronto, ele exige saber para quem trabalha e quando descobre que é uma mestiça resolve treiná-la para ser sua parceira. Os primeiros contatos entre os dois não são fáceis, ambos têm personalidade difíceis e o choque é inevitável. Mas depois que Bones começa a ensiná-la suas artimanhas, realizar testes de força, esforço e sedução as coisas começam a melhorar.

Os dois começam a trabalhar em parceria e a cumplicidade aumenta. Ele percebe o quão frágil, emocionalmente, ela é e se apaixona. Ela faz o possível para se manter longe da atração que sente por ele, mas durante a caçada a uma quadrilha de vampiros, Cat passa a correr perigo e é inevitável que Bones se sinta vulnerável com o risco. Nesse momento em diante, a paixão explode e... Leitora solta fogos! Muitos fogos! Shaushausbua. As coisas são bem quentes.

Para ela existe um conflito entre os sentimentos por ele e a opinião de sua mãe, que odeia os vampiros de todas as formas possíveis. E Cat cortará um dobrado para esconder esse relacionamento.

Uma das coisas que gostei no relacionamento dos dois, desde o início, é a forma como ele a trata... “gatinha”. Fazendo uma associação do nome Cat com a sua tradução. As conversas deles são divertidas, os diálogos super bem trabalhados, as cenas de ação bem desenvolvidas e as hots. kkkk Vou deixar para vocês avaliarem. O que posso dizer, é que Bones é do tipo apaixonante. Eu estou louca por ele. Podem me chamar de volúvel se quiserem, mas meu coração agora pertence a ele... Que o meu Jacob me perdoe o deslize. kkkk

Eu não posso contar mais. Acho que já soltei mais do que deveria, com essa minha língua grande. O que posso dizer que esse foi um dos melhores livros que li esse ano e o melhor de vampiro. Tenho certeza que vocês vão gostar do livro e ficarão loucas pela continuação, assim como eu estou agora. Esse é o tipo de livro que deixa o leitor desesperado por mais. Eu terminei com dor no coração. Não vejo a hora de ler o segundo da séria. Estou pensando seriamente em baixar o ebook dele.

Se fosse dar uma nota de 1 à 10 para esse livro, eu daria nota 11. Ele supera o que pode se chamar de bom. E a palavra que usaria para defini-lo é EXCITANTE

Sinopse:

Meia-vampira Catherine Crawfield está indo atrás dos mortos-vivos como uma vingança, esperando que um destes sem batimentos cadiacos seja seu pai- o responsável por arruinar a vida de sua mãe. Então ela é capturada por Bones, um caçador de vampiros, e é forçada a uma profana parceria. Em troca de encontrar seu pai, Cat concorda treinar com o sexy caçador da noite até que seus reflexos de batalha estejam tão afiados quanto as suas presas. Ela está espantada que ela não terminou como o seu jantar- há realmente bons vampiros? Rapidamente Bones a terá convencida de que ser meio-morto não tem que ser de todo ruim. Mas antes que ela possa aproveitar seu novo status de caçadora chutadora de traseiros de demônios, Cat e Bones são perseguidos por um grupo de assassinos. Agora, Cat terá que escolher um lado... e Bones está se tornando tão tentador quanto qualquer homem com um batimento cardiaco.

Trecho do livro

"Você estava fazendo um ótimo trabalho atuando, e eu fiquei confusa. Deus, você pode realmente me culpar? Todos os dias nos últimos seis anos eu estive martelando em minha cabeça que todos os vampiros estavam mentindo, depravada escória, e até agora, a propósito, você é o único que conheço que não é!" Bones deixou escapar um bufar espantado. 

"Você percebeu que isso é a melhor coisa que você já me disse?"

"Tara foi sua namorada?" Ele só voou para fora. Eu engoli uma respiração horrorizada. Bom Deus, por que eu perguntei isso?

"Nunca mais", eu disse rapidamente. "Não importa. Olha, sobre a noite passada... Acho que nós dois cometemos um erro. Inferno, você provavelmente já percebeu que, bem, então eu tenho certeza que você também concorda que isso não deverá acontecer novamente. Eu não pretendia decepcionar mais cedo com Charlie, mas os velhos hábitos custam a morrer. Ok metáfora, ruim, mas você entendeu o meu ponto. Nós vamos trabalhar juntos, derrubar Hennessey e quem mais estiver na sua pequena gangue, e então nós, ah, vamos separar nossos caminhos. Nenhum dano, sem complicação". Ele me olhou em silêncio por alguns instantes. 

"Eu não posso concordar com isso", ele finalmente respondeu.
"Mas por quê? Eu sou como uma grande isca! Todos os vampiros querem me comer!" Um pequeno sorriso tocou-lhe a boca, como eu mentalmente gemia com a minha escolha de palavras. Bones estendeu a mão e acariciou meu rosto.
"Eu não posso simplesmente deixar irmos por caminhos diferentes, Kitten, porque eu estou apaixonado por você. Eu amo você." Minha boca se abriu e minha mente momentaneamente clareou meu pensamento. Então eu encontrei minha voz.

"Não, você não." Ele bufou e tirou sua mão. "Você sabe, pet, que é um hábito realmente irritante que você tem, me dizer o que eu faço e o que eu não sinto. Depois de viver por mais de duzentos e quarenta e um anos, eu acho que conheço a minha própria mente ". "Você está apenas dizendo isso para ter sexo comigo?" Eu perguntei desconfiada, lembrando de Danny e todas as suas encantadoras mentiras. Ele me deu um olhar aborrecido.

 "Sabia que você ia pensar uma coisa dessas. É por isso que eu não disse nada antes, porque eu nunca quis que você me perguntasse se eu estava apenas mentindo para persuadir você na cama. No entanto, para ser brutalmente franco, eu já conquistei você pelas suas costas, e isso não foi por declarar a minha devoção a você. Eu simplesmente não ligo de esconder meus sentimentos por muito tempo".

"Mas você só me conheceu há dois meses!" Agora eu tentei argumentar sobre o assunto, porque negar não pareceu funcionar. Com um sorriso torto em seus lábios. 

"Eu comecei a me apaixonar por você quando você me desafiou naquela luta estúpida na caverna. Lá estava você, acorrentada e sangrando, questionando minha coragem e me desafiando a matá-la. Porque você acha que eu insistia em negociar com você? A verdade é que, amor, isso aconteceu porque você foi forçada a gastar tempo comigo. Eu sabia que você nunca concordaria de outra forma. Afinal, você tinha aquele bloqueio sobre vampiros. No entanto, isso aconteceu." "Bones..." Meus olhos estavam arregalados com sua revelação e com o conhecimento de que ele estava falando sério.

 "Nós nunca iríamos funcionar juntos. Temos que parar isso agora, antes que vá mais longe!"

"Eu sei o que te faz dizer isso. Medo. Você está aterrorizada por causa da forma que as outras pessoas tratam você, e você tem mais medo ainda do que sua querida mãe diria."

 "Oh, ela teria muito a dizer, você pode apostar nisso", murmurei.

 "Eu tenho encarado a morte mais do que eu posso contar, Kitten, e essa situação com Hennessey não é diferente, você realmente acha que a fúria de sua mãe vai me assustar?" 

"Iria se você fosse inteligente." Também murmurei.


1 comentários:

Karini Couto disse...

Preciso desse livro urgente! Como faz? Agora vou ficar roendo as minhas unhas até poder comprar e a culpa é sua!
kkk

Postar um comentário