segunda-feira, 18 de junho de 2012

Medo de Amar - Epílogo

Epílogo
Jacob andava de um lado para o outro na sua propriedade de Essex. Desde o seu restabelecimento, decidiu que se afastaria da política e da câmara dos Lordes para dedicar a sua família. Ele e Nessie só estiveram em Londres apenas uma vez, para a apresentação pública da nova duquesa de Telford para a sociedade. Era necessário que todos soubessem que ele havia lhe tomado como esposa e que qualquer mácula na sua reputação deveria ser esquecida.


Os dois ficaram em Londres apenas duas semanas, para que ela pudesse se certificar de que a prima Annabel e a amiga Lyan estavam adequadamente instaladas na mansão de Telford, conforme ordenara ao administrador dos bens. Também precisava ter algumas reuniões com seu advogado e ver como ficou a sua fortuna, depois de tantos anos de má administração pelo primo.

Depois de duas semanas já estavam cansados de viver na cidade grande, cheia de gente, fedorenta, poluída e das festas na sociedade. Para a esposa, que nunca conviveu naquele meio, era a pior parte. Ela se esforçava para tolerar a hipocrisia das Ladies e dos Lordies que encontraram, mas deixava claro que aquilo estava arruinando sua paciência. Jacob, que não precisava provar nada a ninguém e não suportava aquele meio de falsos, resolveu que se restabeleceriam definitivamente no campo. Ele levou a esposa para conhecer Telford House Park, mas ela não se adaptou a enorme propriedade do marido. Passaram uma semana em Colchester House Park, onde reencontrou o novo marquês, um parente bem distante na linhagem sucessória, que não via a mais de dez anos e até lhe ofereceu ajuda financeira para recomeçar os negócios da família.


Quando voltaram para a casa de Essex, a barriga já estava enorme e resolveram estabelecer residência ali. Nessie não poderia ficar viajando para as propriedades até descobrir onde gostaria de morar. E Essex fora o seu lar por todos aqueles meses. Já estava acostumada com a criadagem, com os colonos e os vizinhos mais próximos. Assim, com uma vida feliz e pacata, o casal viveu até que completaram os nove meses desde a primeira relação e ela começou a sentir as dores do parto.

- Excelência, tente ficar calmo.  – Disse o mordomo para ele. – Não pode ser dores de parto. Ela não completou os nove meses. – Jacob o fuzilou como se houvesse falado a maior besteira. Todos sabiam que a lua de mel do casal começou pouco depois da recuperação. Alguns criados suspeitavam da gravidez antes, mas nunca falaram nada. Se o mordomo fosse esperto e discreto, não faria as contas da gravidez. Nessie já estava com praticamente quatro meses quando fizeram a cerimônia de casamento no jardim. Só não aparentava aquilo, mas ele sabia e os mais íntimos também.

- Eu preciso ir até lá! – Vociferou. – Não ficarei aqui esperando por notícias.

- Senhor, a parteira, a criada pessoal, a prima e a amiga estão lá com ela. Milorde só atrapalharia o parto da duquesa. – Disse a governanta, tentando acalmá-lo enquanto lhe entregava um chá calmante para beber. – Beba isso e tente se acalmar um pouco.

Eles ouviram gritos sucessivos e Jacob ficava cada vez mais nervoso quando ela gritava. Não suportava ficar aguardando. Ainda tinha que ficar com seu mordomo e a governanta observando o seu estado de desespero, que durou horas até tudo acabar. Ele já sentia vontade de chorar, com tanta aflição.

Passos ecoaram pela mansão e a porta se abriu. Ele rapidamente se levantou e foi para a porta. – Vossa Graça, seus filhos nasceram. – Disse a aia da duquesa – Jacob ficou pálido ao ouvir a palavra filhos.

- Filhos?  - Ele perguntou arqueando uma das sobrancelhas.

- Sim! – A jovem disse abrindo um enorme sorriso. – Um menino e uma menina. Eles são lindos demais.

- E minha esposa? – Ele perguntou preocupado.

- Ela passa bem. Já foi levada para os seus aposentos e agora está descansando. O parto foi bem demorado e a duquesa precisa se recuperar. – Ela respondeu, fez uma mesura e seguiu atrás do duque.

Os dos seguiram apressadamente para os aposentos da duquesa. Quando Jacob entrou e viu Annabel e Lyan embalando as crianças nos braços teve vontade de chorar. A prima de sua esposa foi até ele e lhe ofereceu aquele pequeno embrulho que carregava.

- Essa é sua pequena Amália. – Disse Annabel.- Nessie resolveu homenagear os pais. Ela recebeu o nome da sua avó materna. – Passou-a para os braços de Jacob. Quando ele viu aquele rostinho tão pequeno, branquinho e bonito, uma lágrima rolou em seu rosto. Nunca pensou que fosse ter uma filha. Agora estava com a menina em seus braços. A emoção que sentiu foi indescritível. Sentia-se o homem mais afortunado do mundo por ter a dádiva de ter aquela família. Ele não merecia aquilo, mesmo assim agradecia por tal graça.

- Ela é tão linda! – Disse hipnotizado pela criança em seus braços.

- Esse é Charles William Jacob Black.  – Disse Lyan, aproximando-se com o outro bebê nos braços. 

- Charles William Jacob Black, marquês de Halesfied, conde de Woodside e Madeley. E futuramente o nono duque de Telford. – Disse todo orgulhoso ao observar o filho nos braços da jovem.

- Muitos títulos para um bebê tão pequeno. – Lyan disse enquanto observava o menino dormindo, arrumando sua manta.

- Assim nascem os nobres. Carregam os títulos dos pais. Meu filho será um homem muito poderoso, mas quero lhe ensinar coisas boas. Será um bom nobre. – Disse com confiança.

- Jacob... – Ele escutou o sussurro de sua esposa. Entregou a filha para Annabel novamente e caminhou até a cama.

- Estou aqui, meu amor. – Pegou sua mão delicadamente e a beijou com veneração. Observou sua aparência pálida e cansada. Queria fazer algo para que se recuperasse logo. Mas sabia que demoraria um bom tempo até recobrar as forças. Sentiu-se orgulhoso por aquele corpinho tão miúdo e delicado conseguir carregar duas crianças. E pela coragem que demonstrou no parto.

- Meus filhos... – Ela sussurrou novamente.

- Eles estão dormindo, minha preciosa. Descanse um pouco. Perdeu muito sangue no parto. Ficarei aqui com você to tempo inteiro.

- Obrigada...

- Obrigada por que, querida? – Ele lhe beijou a testa e ficou olhando bem de perto para o rosto cansado.

- Você me deu o melhor presente...

- Eu ainda te darei outros. Seremos muitos felizes pelo resto de nossas vidas. Agora tente dormir e descanse.

- Eu te amo...

- Eu também te amo muito. – Ele beijou seus lábios e ficou velando o seu sono.


Aquele foi o primeiro de muitos partos. Jacob e Nessie tiveram 12 filhos ao longo da vida. Viveram juntos até os 80 anos dele, quando morreu de tuberculose. Nessie ainda teve um pouco de tempo para aproveitar os filhos, os netos e os bisnetos. Quando pensava no passado, sorria imaginando-se deitada a beija do rio com seu marido em uma tarde ensolarada. Ela foi muito feliz, apesar da infância triste que teve. Jacob compensou tudo nos anos que viveram juntos. Foi a melhor duquesa que a Inglaterra já teve. Era adorada pelos camponeses, empregados, filhos, netos e pela sociedade. Quando lhe perguntavam qual o seu segredo, ela respondia: Amar.


Glau
Oi amorecos, é com prazer que finalizo a 15º estória longa. Estou orgulhosa de cumprir meu dever com vocês. Obrigada de coração pelo carinho e por tudo.

Não reclamem comigo por ter feito Nessie de coelho mais uma vez. Lembrem-se que naquela época não havia televisão. Mesmo no século 20, muitas famílias tiveram mais de 10 filhos. A Minha avó, por exemplo, teve 12 filhos. Tive vizinhos na infância com 10, 11, 12 e por ai. Então não exagerei muito. Kkkk Mas comparando com as outras fic Implacável destino 5 e A mentira 8 é para assustar um pouco. Kkkk

A próxima fica já está em construção na minha cabeça, mas não sei quando vou postar. Estou fazendo a revisão no livro prova.

Desculpem a ausência da net, mas meu marido voltou antes do previsto e estou cheia de problemas domésticos para resolver. Não terei tempo para navegar.

Bjs no core

N/ Heri:  Estou igual aluna que falta aula, mas aparece no ultimo horário pra fazer a prova....rs
Autora exagerada! Deu 12 filhos pro casal.....kkkk..ainda diz que não tinha TV. Adorei esse lindo conto de fadas...Mas deveria deixar a mulher morrer primeiro pra o homem sentir mais a falta e da valor..kkkk sentiu  NE? MENINAS GOSTARAM? QUEREM OUTRA? SOBRE O QUE?        Ó GLAU...

6 comentários:

Deia disse...

Adorei a Nessie de coelha 12 filhos...
Que falta fez a TV... rsrsrsrs
Ficou muito lindo adorei o final.
Na verdade fico dividida entre a alegria e a tristeza, amo tudo que vc escreve, agora imagina quanto tempo eu vou ficar sem ler algo teu(sem contar o que já esta escrito pq quando bater a saudade eu vo lá ler).
Entendo perfeitamente que você agora queira se dedicar inteiramente ao seu livro, mas assim, a gente espera você ter algo pronto, reorganizar-se, e tudo mais, só não demora tempo não, você pode demorar mais so um pouquinho ta!?!?!?
Não liga para essa leitora carente das tuas fics não, sempre vou dar um apassadinha aqui para ver como tudo esta andando, Beijokas Glau.

luciene disse...

12 filhos não é pra qualquer uma mesmo não kkk etâ força hein mulher kkkk
Mas o Jacob fofo com sempre o nosso Duque sombrio mostrou que tem um coração de ouro e a Nessie merecia essa alegria, depois de lutar tanto e sofrer abusos finalmente teve a alegria derradeira hein.
Parabéns Glau como sempre você é impecável nas suas historias.
bjks

hilsiane disse...

Nossa foi lindo o final,ame essa historia linda foi d+ ,vou sentir muita saudade dela.a nessie e o jake merecia essa felicidade e os bbs também ,realmente uma linda familia ,é a nessie corajosa 12 filhos n é p/qualquer uma n.eu amei a fic de paixão e já tou louca pela prox tomara que n demore a escreve a prox fic que eu tenho certeza que vai ser mara se for jake e nessie.glaucia parabéns por mais uma fic mara que vc termina e n demora a posta a prox que eu ja tou com saudade.e mais uma vez boa sorte com livro espero que de td com vc nessa nova etapa da sua vida.bj anne

Daniela ♥ disse...

Ohh Glaucia minha linda .. chegamos ao final de mais uma fantástica história da sua autoria ... eu nunca me canso de dizer o quando vosse é maravilhosa na sua escrita ... Glaucia vosse escreve como ninguem e a prova está aqui, em mais um final de uma das suas historias!!!

Vamos ao epílogo em si:
Minha nossa Glau o Jake ia tendo um ataque de coração durante o parto ... minha nossa ... mas quando ele viu os filhos ... ohhh foi tao fofo....
Eles foram bem felizes ... a Nessie merecia .. depois de tudo o que ela sofreu no passado o futuro tinha que ser maravilhoso =D

Glau 12 filhos????
Ok eu sei que antigamente era normal e nesse tempo então ainda mais....mas para que televisão tendo esse deus grego todos o dias na mesma cama hahaha (ok menos xD)


Glaucia como sempre ficou simplesmente perfeito e digo-lhe que agora faz bem em dedicar-se ao seu livrinho, depois quando estiver lançado (e tivermos nas nossas mauzinhas...ai que ansiedade) enta aí é que se dedique a outra história, mas por enquanto dedique-se ao seu livrinho, mesmo sabendo que vai ser horrivel ficar sem a sua escrita, mas sei que é por uma boa causa!!!!!

Beijos grandes linda,
Daniela Cristóvão

elaine disse...

Adorei viajar mais uma vez com vc para o passado pela história obrigado por revelar as fantasias que passam pela sua memória que agora faz parte da minha pois nunca vou esquecer pois o amor que passa na fic eu sinto aqui obrigado por fezes parte da minha vida bjs

Bruna disse...

Não tenho palavras...Lindo!Lindo!! Amei os 12 filhos...Parabéns!! Bjs

Postar um comentário